pexels-photo-1236678-750x500

Autor: Dr. Daniel Panarotto

Tempo de leitura: 4 min.

O controle da glicemia pode interferir diretamente na saúde da bucal, fazendo com que a pessoa com diabetes precise redobrar os cuidados com os dentes e gengiva. Altos níveis de glicose no sangue podem favorecer a proliferação de bactérias na boca.


Como outras infecções, uma doença periodontal pode atrapalhar o controle do diabetes e o bem-estar do paciente.

 

Principais doenças bucais e causas

As doenças na gengiva são mais frequentes em quem tem diabetes, pois os diabéticos têm dificuldade de reagir a processos inflamatórios e bacterianos que atingem o tecido gengival. Dentre estas doenças, encontramos:


– Gengivite: caracterizada por deixar as gengivas avermelhadas, inchadas ou flácidas, fazendo com que durante a escovação ou uso do fio dental, sangrem. É um estágio inicial da doença.


– Periodontite: evolução de uma gengivite não tratada, que de forma agressiva pode prejudicar as estruturas que envolvem os dentes, atingindo a gengiva, ossos da boca e raiz dos dentes.


– Halitose: pode ser causado pela falta de higiene bucal, gengivite, uso do cigarro, ingestão de álcool e boca seca (que é causada pelo uso de medicamentos e baixa produção de saliva).


–  Xerostomia: conhecida por boca seca, gera baixa produção de saliva. Pode ser um sinal de descompensação do diabetes ou pode estar associada ao uso de certas medicações.

 

Cuidados

O ideal é controlar os níveis de glicose no sangue, manter em dia os cuidados bucais e ter o acompanhamento de um dentista e de seu endocrinologista.


Fique atento aos níveis de açúcar no sangue antes de realizar qualquer procedimento dentário.


Além disso, é importante:


– Fazer uma avaliação bucal a cada 6 meses,


– Informar seu dentista de que você é diabético e os medicamentos que utiliza,


– Limpeza de tártaro, tratamentos de cáries e procedimentos simples podem ajudar no controle dos índices glicêmicos.


– Controlar a glicemia em casos de procedimentos cirúrgicos na gengiva.


Altas taxas de glicose no sangue, além de prejudicar a saúde bucal podem afetar o coração, os vasos sanguíneos e os rins.


Os cuidados com a saúde bucal podem interferir positivamente na qualidade de vida dos pacientes com diabetes.


Entre em contato comigo para saber mais. Curta minha página também no Facebook.

Positive SSL