Relação entre o Diabetes tipo 2 e o Câncer: Tudo que você precisa saber!

A relação entre o diabetes tipo 2 e o câncer ainda é bastante desconhecida entre as pessoas, porém, a associação dessas duas doenças deve ser levada extremamente a sério.

Se você deseja saber qual a relação entre estas duas doenças, continue lendo para descobrir!

Qual a relação?

O excesso de gordura no corpo pode aumentar significativamente os riscos de desenvolvimento do câncer, sendo os mais comuns: O câncer de endométrio, de mama, cólon e reto (intestino grosso). 

Do mesmo modo, as pessoas que possuem diabetes do tipo 2 também têm riscos mais elevados, cerca de 2,5 de chances a mais de desenvolver câncer.

Isso foi comprovado através de inúmeros estudos que mostram a obesidade como a principal responsável pelo aumento do risco de câncer em diabéticos tipo 2.

Por outro lado, estudos estão sendo realizados para verificar quais as chances de desenvolver câncer em pessoas com diabetes do tipo 1.

De que forma isso ocorre?

Como falamos antes, o grande responsável pela associação do diabetes tipo 2 e o câncer é a obesidade.  Quando um diabético tipo 2 tem obesidade, acontece um fenômeno em seu corpo chamado de resistência à insulina.

Como compensação, há um aumento significativo de insulina pelo pâncreas. Além disso, as células de gordura liberam substâncias (adipocitoquinas) que agem à distância, causando uma série de danos. 

Essas substâncias são produzidas principalmente por adipócitos originários do tecido gorduroso, localizado em locais ectópicos, ou seja, onde não deveriam estar, como os músculos e dentro de órgãos abdominais, por exemplo.

Medicações usadas no diabetes tipo 2 e o câncer

Até o momento não há nenhuma comprovação de que as medicações usadas no tratamento do diabetes possam aumentar as chances de câncer. Entretanto, é importante salientarmos que, a Metformina, bastante utilizada no tratamento do diabetes, possivelmente reduz os riscos de câncer. 

Embora o excesso de insulina produzido pelo pâncreas aumente as chances de câncer, o uso de insulina em si não causa câncer em pacientes com diabetes. Pelo contrário, a utilização da insulina só oferece benefícios para os diabéticos.

Infelizmente, muitas pessoas acreditam que o uso de insulina pode causar problemas e acabam não fazendo o tratamento da forma correta. Isso pode ocasionar a hiperglicemia, que traz sérias consequências para saúde.

Recomendações

Muitos estudos mostram que a redução de peso, exercícios físicos e alimentação saudável diminuem os riscos entre o diabetes tipo 2 e o câncer. 

Se você não conseguir perder peso sozinho, não hesite em pedir ajuda a um profissional. Nestes casos, o mais recomendado é recorrer a um endocrinologista, que possui experiência no tratamento de diabetes aliado a obesidade. 

Na Clínica Daniel Panarotto você recebe um atendimento completo, voltado a todas às suas necessidades! Tire suas dúvidas através do WhatsApp (54) 99634-6223.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *