Como o frio de Caxias do Sul afeta as pessoas com diabetes

Com a chegada da estação mais fria do ano, quem mora no Sul, e principalmente na Serra, já está acostumado com os pisos e paredes que vertem água e as roupas no varal que demoram para secar, mas além disso, esta é a época do ano com maior incidência de problemas respiratórios.

Os diabéticos, estão entre as pessoas com mais probabilidade de sofrer com as doenças típicas do frio. O diabetes é uma doença crônica, que diminui a imunidade, o que pode contribuir com doenças tais como bronquite, pneumonia, alergias, rinites e resfriados.

Outro cuidado importante é com a pele e os pés no inverno, que podem ficar mais secos nesta época, provocando coceira, infecções por fungos e/ou bactérias e rachaduras que podem evoluir para feridas, pois a hipoglicemia favorece a desidratação e a cicatrização é dificultada.

Cuidados

As doenças causadas pelo frio nos diabéticos podem ser prevenidas com recomendações essenciais:

– Tomar os remédios adequadamente e manter a vacinação em dia, procure uma farmácia de manipulação de sua confiança;

– Manter sempre o controle da glicemia;

– Seguir uma alimentação correta, que deve ser rica em verduras, frutas e legumes;

– Aumentar a ingestão de água que facilita a eliminação de secreção dos pulmões;

– Evite banhos quentes e demorados;

– Hidrate a pele;

– Mantenha os ambientes ventilados e longe de poeira;

Uma vez que o diabético contraia alguma doença respiratória, é importante que tome sua medicação adequadamente, repouse, tenha uma alimentação saudável e, caso custe a melhorar, procure o médico. 

Entre em contato comigo. Curta minha página também no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *