10 mudanças de hábitos para viver bem com o Diabetes

Você sabia que pequenas mudanças de hábitos pode ajudá-lo a conviver melhor com o Diabetes?

O Diabetes é uma doença que atinge milhares de pessoas, e a previsão é que esse número continue aumentando.

Buscar alternativas paralelas, além do tratamento tradicional, é essencial para que o diabético consiga viver com qualidade.

Mudar hábitos nocivos à saúde, organizar a rotina e contar com o apoio familiar são itens indispensáveis para uma boa convivência com a doença.

Além disso, a manutenção dos exames preventivos e acompanhamento médico, através de check-ups regulares, permite identificar potenciais evoluções da doença antes do agravamento, garantindo um tratamento mais eficaz.

No post de hoje, vou listar as 10 mudanças de hábitos que vão permitir que você viva bem com o Diabetes.

#01: Busque uma redução de peso

10-dicas-diabetes

Perder 5% do peso corporal (de massa gorda) é o suficiente para que se observe um grande impacto na saúde de pacientes com Diabetes do tipo 2, contribuindo para:

  • melhorar os níveis de açúcar no sangue
  • reduzir a necessidade de uso de medicamentos
  • baixar a pressão arterial
  • reduzir os fatores de risco de doenças cardíacas

Para isso, foque em uma alimentação saudável e na prática de exercícios físicos.

#02: Escolha bem os carboidratos

Carboidratos são um tipo de alimento essencial para a produção de energia pelo corpo. O problema é que o carboidrato é transformado em glicose, o que pode prejudicar a dieta de quem é diabético.

É importante que o consumo de carboidratos seja moderado, e que se dê preferência pelos carboidratos com baixo índice glicêmico e alto teor de fibras, como aveia, nozes e lentilha.

Grãos devem ser consumidos na versão inteira, pois evita picos de glicemia e a resistência à insulina, além de oferecer todos os nutrientes e minerais do grão. Ao ser refinado, esse minerais são perdidos, sobrando pouco ou nada de nutriente no alimento.

#03: Não pule refeições

10-dicas-diabetes

Mantenha uma rotina rígida quanto aos horários das refeições. Pular alguma refeição prejudica o controle do índice glicêmico e facilita os exageros.

Evite grandes intervalos entre as refeições inserindo lanches saudáveis, como frutas, sementes (como nozes ou castanhas). Assim você controle a fome e evita comer em excesso, hábito que faz aumentar o nível de açúcar no sangue.

#04: Defina metas realistas

10-dicas-diabetes

Não adianta você decidir hoje que vai mudar radicalmente sua rotina, se não conseguir manter essa decisão. É muito melhor, ao invés disso, você mudar um hábito por vez, definindo metas que você consiga cumprir.

Por exemplo: no primeiro mês, substitua apenas um alimento prejudicial à saúde por outro saudável. No mês seguinte, escolha outro alimento para substituição, somando ao anterior, e assim sucessivamente.

#05: Exercite-se

O exercício, quando feito com frequência, ajuda a controle o índice glicêmico. Faça, no mínimo, 30 minutos de exercício moderado durante 5 dias da semana.

Vale uma caminhada, natação, corrida, enfim: o que você gostar mais e achar mais fácil adaptar na sua rotina. Lembre-se que mais importante que começar um novo hábito é conseguir mantê-lo.

#06: Registre sua alimentação

Planeje suas refeições com antecedência e cumpra o plano. Com isso, será muito mais fácil manter sua dieta equilibrada, evitando os excessos de última hora.

Registre sua alimentação, o tamanho da porção e o seu sentimento antes e após a refeição. Assim você poderá ter um controle que permitirá identificar gatilhos de ansiedade, ou até mesmo alimentos que não lhe caiam bem.

#07: Recompense suas conquistas

Conviver com Diabetes não é fácil, mudar hábitos também não. Você merece ser recompensado por suas conquistas.

Estabeleça recompensas pessoais para cada meta atingida, para estimular a manutenção da sua nova rotina e a conquista de novas metas.

#08: Peça ajuda

Ao mudar qualquer hábito, ter ajuda é fundamental. Fazer com que amigos e familiares compreendam a importância dessa nova rotina é essencial para que eles não criem meios de fazê-lo fugir das promessas que fez a si próprio.

Converse com as pessoas mais próximas, explique seu objetivo e como sua saúde pode ganhar com isso, e incentive que todos participem dessa mudança de hábitos com você. Com certeza, a saúde de todos poderá se beneficiar com isso!

#09: Mantenha-se hidratado

10-dicas-diabetes

E essa dica não se refere somente ao consumo de água, que é muito importante, mas também à hidratação da pele.

Pessoas com Diabetes podem ter uma complicação chamada de neuropatia diabética, que afeta os nervos da pele, deixando a pele cada vez mais seca. Com isso, rachaduras podem acontecer, ocasionando bastante dor ao paciente.

É fundamental que o diabético mantenha sua pele hidratada, especialmente nos membros inferiores, mais propensos a essas complicações.

#10: Cuide da sua saúde bucal

O hálito cetônico, cujo cheiro se parece com o de uma maçã vermelha, é característico no diabético. Com ele, doenças como periodontite costumam estar presentes.

O excesso de glicose propicia o aparecimento de bactérias, que formam placas bacterianas na boca. Para evitar, além de fazer o tratamento adequado para o Diabetes, é importante que o paciente cuide de sua saúde e higiene bucal.

Por isso, escove os dentes após todas as refeições, sempre utilizando fio-dental antes da escovação. Você também pode fazer bochechos com água após o uso do fio-dental e antes da escovação, eliminando os resíduos.

Conclusão

Com essas 10 mudanças de hábitos, você pode conviver bem com a doença, conquistando uma melhor qualidade de vida.

Mas não esqueça que o check-up anual é essencial para a manutenção do tratamento e controle das complicações da doença. Agende o seu agora mesmo, clicando aqui.

Gostou das dicas? Deixe um comentário contando como está sendo conviver com o Diabetes e o que você já mudou na sua rotina, buscando hábitos mais saudáveis.

Compartilhe, também, este post, para que amigos e familiares entendam como é importante o apoio e compreensão para a manutenção das suas mudanças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *